Discurso invertido

Discurso invertido é uma alegada forma de comunicação vinda do inconsciente da mente, lugar de verdades profundas e significados escondidos. De acordo com David John Oates, o criador do conceito, o inconsciente manda mensagens invertidas ao consciente cada 10 ou 15 segundos. O consciente, por sua vez, inverte novamente a mensagem. Para captar o significado profundo da nossa fala devemos gravá-la e depois passar a gravação do fim para o inicio.

Oates afirma que o discurso invertido é uma

forma de comunicação humana que é gerada automaticamente pelo cérebro. Ocorre de cada vez que falamos e está embebida invertida nos sons do nosso discurso. Esta função nunca antes descoberta da mente é a própria voz independente da mente falando das mais fundas regiões da consciência...discurso normal vem do cérebro esquerdo e discurso invertido do direito.

O sr Oates afirma ter feito muitas descobertas, incluindo que as crianças aprendem primeiro a falar para trás e só depois para a frente. Ele acredita que o "falar" dos bebes são profundos pensamentos vindos das mentes inconscientes das crianças.

Esta espantosa descoberta foi feita por um australiano que dá pelo nome de Reverse Speech Enterprises™. Ele iniciou a sua descoberta quando deixou cair um gravador na casa de banho quando se barbeava. Ele arranjou-o mas o gravador apenas tocava da frente para trás. Mas este incompetente electrónico teve a sua recompensa. Agora estava preparado quando jovens lhe perguntavam sobre mensagens satanicas na musica rock. Podia passar as fitas e procurar as mensagens escondidas. O resto, como se diz, é história. Oates não encontrou apenas mensagens na musica, descobriu que se ouvirmos com atenção, podemos ouvir mensagens em todo o bit de comunicação que usa palavras. Durante doze anos, trabalhou na descoberta do discurso invertido. Agora está pronto para partilhar as suas descobertas com o resto do mundo--por um preço.

O sr. Oates parece ter migrado para Bonsall na California, onde se oferece para treinar qualquer pessoa a tornar-se um analista de discurso invertido por apenas 4.500 dólares, mais umas centenas pelo Reversing Machine™ e várias fitas e guias que devem ser adquiridos separadamente.

Oates vende cassetes por cerca de 10 dólares cada com exemplos de O.J. Simpson, estrelas de musica rock, celebridades e politicos. Vende livros com nomes como Beyond Backward Masking: Reverse Speech and the Voice of the Inner Mind. Este livro tem ainda um apendice sobre OVNIs.

Oates afirma que "o discurso invertido é a voz da verdade" e "se uma mentira é dita para a frente, a verdade pode ser dita para trás." "Pode ser usada como um detector de verdade. Revela a verdade se a mentira é dita e revela factos adicionais se não são ditos." Esta afirmação é reminiscente de certos defensores da PNL que afirmam que podem dizer se uma pessoa está a mentir vendo o que faz com os olhos. 

Ele tambem afirma que 95% dos nossos pensamentos são "abaixo da consciência" e que

discurso invertido pode descrever assuntos inconscientes como padrões de personalidade ou comportamento, revelar memórias escondidas e experiências, e pode tambem descrever o estado do corpo fisico. Nos mais profundos niveis da consciência humana, descreve o estado da alma humana e da sua relação com Deus.

Tambem afirma que a maioria dos discursos invertidos é metafórico e a comunicação é feita em imagens ou parábolas, "semelhantes a sonhos."

Mais, a análise do discurso invertido

...pode ser usada como uma ferramenta terapeutica para psico análise [sic]. As suas metágoras dão um mapa detalhado da mente e muitas vezes apontam razões e causa [sic] para os problemas experimentados. Usada em conjunto com a hipnose pode ser usada com como uma poderosa e permanente [sic] forma de mudança comportamental.

Empregadores podem usá-lo para selecção de empregados, advogados para análise de depoimentos. As aplicações são infindáveis.

Quais as provas de Oates para as afirmações sobre a natureza do discurso invertido a suas aplicações? Algumas das afirmações são empiricas e podem ser verificadas com o que oe neurologistas e fisiologistas descobriram no seu estudo do cérebro e da fala. Por exemplo: a noção do discurso invertido ocorrer no cérebro direito não é apoiada em nenhum estudo. De qualquer modo, se sucedesse o que Oates afirma, esperar-se-ia ver actividade no cérebro direito imediatamente antes de actividade no cérebro esquerdo, onde a fala ocorre. Onde está a prova disto? E provas da afirmação sobre as crianças e a fala, que contradizem tudo o que é conhecido do desenvolvimento do cérebro e da fala na criança? Acreditar no sr. Oates é rejeitar a ciência ou, no mínimo, revelar ignorância sobre factos fundamentais da neurologia e da fisiologia.

Devemos tambem perguntar-nos qual o valor evolucionário do discurso invertido. Estima-se que foi há cerca de 100.000 anos qua os humanos desenvolveram a linguagem falada. Não há dificuldade em ver a utilidade da fala na sobrevivência da espécie. Mas qual a utilidade do discurso invertido? É dificil de imaginar algo tão inutil ocupando uma boa parte do cérebro em evolução. E, se existe um discurso invertido, este deve ter uma gramática. Qual é e como é?

Algumas das afirmações dele são quase empiricas. As suas crenças sobre a mente inconsciente parece ter uma base empirica no facto do comportamento de uma pessoa poder ser afectada poe memórias de que a pessoa está inconsciente. Há inumeras evidências de memória implicita na literatura neurocientifica. Mas a afirmação de que 95% dos nossos pensamentos estão abaixo do nivel de consciência-- o que implica que a maioria das nossas memórias são implicitas-- parece não-falsificável. Como podemos testar tal afirmação. A afirmação de que a mente inconsciente contem dados que revelam verdades escondidas sobre o comportamento de uma pessoa e a sua personalidade, bem como a saude mental e espiritual, é altamente questionável e parece não ser baseada em qualquer evidência fisica.

O sr Oates dá alguns exemplos de como a sua teoria funciona. Por exemplo, ele afirma que quando Bill Clinton diz "I try to articulate my position as clearly as possible" ele realmente diz "She's a fun girl to kiss". Como sabe ele? Ele "sabe" isto porque lhe parece quando o ouve invertido ou é o que a metáfora significa. Não podemos provar que está errado. Se não ouvimos o mesmo ou se não apercebemos a metáfora, isso deve-se às mensagens "serem muito rápidas e muitas vezes escondidas nas frequências mais altas do discurso. Por essa razão escapam facilmente a muitos investigadores.". Ou porque não estamos familiarizados com a linguagem da metáfora. (Ele tem dois livros que o podem ajudar nisto.) E uma vez que ele lhe disse que o que vai ouvir é "She's a fun girl to kiss", é provável que vá "ouvir" isso, por mais ruido que a mensagem tenha. Chame-lhe poder de sugestão. O mundo académico ignorou até agora as suas descobertas, apesar de ele afirmar que tem o apoio de alguns académicos que teem medo de falar. O sr Oates desabafa: "Não aprendemos nada com as lições da história? Muitas das grandes descobertas vieram de fora da corrente principal. Einstein, por exemplo, foi um falhanço no liceu." (Na verdade, após isso, Einstein acabou a sua formação em Zurique, incluindo um doutoramento na Universidade de Zurique.) A minha opinião é que a recusa das universidades em testarem a sua teoria se deve, não a terem mentes fechadas, mas a essas teorias mostrarem profunda ignorância de assuntos fundamentais de neurologia e da fisiologia e porque boa parte é intestável metafisica.

Se apanhar um programa com uma entrevista com o sr Oates, com sorte, será passado do fim para o principio. Se sim, pode ser que ele faça sentido por uma vez. Deitando-me a adivinhar, o sr Oates parece alguem que se está a modelar seguindo Bandler™ e outros no movimento PNL que descobriram que a auto-confiança e a capacidade de compreender é tão diminuida em tantas pessoas que quanto mais ininteligivel é a comunicação de uma pessoa mais facilmente essa comunicação pode ter marca registada e ser vendida como uma passagem para o sentido da vida.


Links

recuarhome