koro (shook yang)

Ilusão de que o pénis encolhe e retrai para dentro do corpo, acompanhado de panico e medo de morrer. Existem algumas provas de que esta ilusão particular está associada à metafisica chinesa e a práticas culturais. Esta desordem afect principalmente homens chineses e é associada à crença de que actos sexuais anormais (como sexo com prostitutas, masturbação, etc) perturbam o equilibrio yin/yang que alegadamente existe quando um marido tem sexo com a esposa, isto é, no "acto normal". Esta perturbação da harmonia metafisica (perda de yang) manifesta-se na redução do pénis. O yang é a essência vital masculina e quando inapropriadamente expelido, acreditam, o resultado é potencialmente uma dose fatal de koro.

O Koro é tambem referido como podendo ser transmitido pela comida. Em 1967, houve uma epidemia de koro em Singapura após os jornais relatarem casos devido a comer-se porco de animais que tinham sido inoculados contra a febre suína. Não apenas as vendas de carne de porco cairam como centenas de casos de koro surgiram. O poder da imprensa em causar panico foi igual ao poder de o travarem, quando deram a palavra à Associação Médica de Singapura e ao Ministério da Saúde que convenceram as pessoas de que koro era apenas o resultado de medo.


Links

Rubin, Robert T. Extraordinary Disorders of Human Behavior, editado por Claude T. H. Friedmann e Robert A. Faguet (NY & London: Plenum Press, 1982).

recuarhome