sd.gif (2133 bytes)
Robert Todd Carroll

 the truth is in here!
Dicionário do Cético

Busca no Dicionário do Cético




Busca Ava

Segundo uma pesquisa Gallup, a crença de que algumas pessoas possam receber comunicados dos mortos aumentou de 18% para 25% ao longo da última década.

vertline.gif (1078 bytes)

médiuns

No espiritismo, médium é uma pessoa com quem os espíritos se comunicam diretamente. Num passado mais simples porém mais dramático, um bom médium apresentava vozes ou aportes, fazia soar sinos e fazia com que objetos flutuassem ou se movessem por uma sala escura, produzia psicografia ou ectoplasma e, em resumo, oferecia bom entretenimento pelo dinheiro pago.

Hoje em dia, um médium tem mais probabilidades de escrever livros sentimentalóides e dizer que está canalizando, como o fez J.Z. Knight com o White Book [Livro Branco] e seu Ramtha de Atlântida. Os médiuns mais bem sucedidos de hoje, no entanto, simplesmente alegam que os mortos se comunicam através deles. Sob uma pretensa aparência de fazer "curas espirituais" e dar "aconselhamento a angustiados", usam técnicas tradicionais de leitura a frio e informações obtidas de forma sub-reptícia sobre seus consulentes para dar a aparência de estarem transmitindo mensagens reconfortantes dos mortos. Usando as informações fornecidas a eles pelos próprios clientes, seja durante a leitura a frio ou através de outras fontes, como conversas travadas com os clientes antes das consultas ou durante os intervalos de sessões de estúdio, são capazes de convencer a muitos de que estão recebendo mensagens de seus falecidos entes queridos. O médium passa adiante mensagens dos mortos como "ele o perdoa" ou revelam coisas que já são conhecidas, mas que deixam o cliente imaginando como ele sabia disso? Nos bons velhos tempos das séances e dos truques bem elaborados, era mais provável que um médium farsante passasse adiante a mensagem "dê mais dinheiro para mim e para o meu grupo" (Keene 1997).

Atualmente é desnecessário ser tão rude a ponto de pedir dinheiro diretamente ou caçar pessoas idosas com muito dinheiro e pouco tempo. As pessoas estão literalmente há anos esperando por alguém a quem possa dar dinheiro por lhes dar esperanças de que um ente querido que faleceu se comunique com elas. Há também um lucrativo mercado de livros para os que têm recados dos mortos para transmitir e muito dinheiro pode ser ganho em shows para centenas ou milhares de pessoas, em que cada uma paga 25 ou 50 dólares pela oportunidade de se conectar com um filho, esposa ou pai falecido. George Anderson, ex-operador de painéis de comutação e autor de Lessons from the Light: Extraordinary Messages of Comfort and Hope from the Other Side [Lições da Luz: Mensagens Extraordinárias de Conforto e Esperança Vindas do Outro Lado] (2000) , conseguiu seu próprio especial na ABC, com participação de celebridades que queriam fazer contato com os mortos. Alguns médiuns chegam a vender seus próprios programas de televisão, como John Edward e James Van Praagh, embora o deste último tenha sido engavetado pela Tribune Media Services após poucos episódios.

Veja verbete relacionado sobre paranormais.

leitura adicional

Keene, M. Lamar. The Psychic Mafia (Prometheus, 1997).

Nickell, Joe. Secrets of the supernatural : investigating the world's occult mysteries with John F. Fischer (Buffalo, N.Y. : Prometheus Books, 1988).

Randi, James. Flim-Flam! (Buffalo, New York: Prometheus Books,1982).

Rowland, Ian. The Full Facts Book of Cold Reading, 3rd. ed (2000).

©copyright 1998
Robert Todd Carroll

Traduzido por
Ronaldo Cordeiro

Última atualização: 2008-10-18

Índice