Rama

Frederick P. Lenz, psicólogo em Inglaterra, homem de negócios (Advanced Systems, Inc.), que dá pelo nome de Zen Master Rama. Milhares desembolsam 5.000 dólares por seminário para serem iluminados por este auto-proclamado guru, psiquico e milagreiro. O milagre é haver tantas pessoas que fazem bicha para lhe dar dinheiro para terem aulas de programação de computadores e meditação. Eis o que um dos seus seguidores afirma ter aprendido do seu mestre: "Pessoas espiritualmente avançadas trabalham com computadores porque isso dá dinheiro. Mais dinheiro faz, melhor medita."*

Rama usa uma variedade de técnicas de controle da mente para seduzir os discipulos. Fá-los olhar para ele durante longas horas (ele chama a isto "meditação"). Passado algum tempo começam a halucinar; veem-no mudar de forma e brilhar. Para os prender, diz aos seguidores que só os psiquicos podem ver estes milagres. O desejo de ter uma experiência sobrenatural é muito grande em muitas pessoas e explica porque pessoas normais são sugadas por estes charlatães. Os Ramas, Jim Jones e Charles Mansons deste mundo aproveitam-se do seu encanto e capturam pessoas vulneráveis, seduzindo-os, sexual, financeira e espiritualmente. Rama usa a técnica de dizer às mulheres que só tem sexo com mulheres que tenham alguma espécie rara de karma. Tambem lhes diz que ter sexo com ele as eleva a um plano superior de consciência. É dificil a um céptico acreditar que esta treta funciona com qualquer mulher, mas pelo vistos funciona. Jim Jones era conhecido por ter sexo com muitas das mulheres da sua congregação religiosa. Usava uma atração semelhante a Rama, tentando fazer uma mulher sentir que ele lhe estava a fazer um favor espiritual  "conhecendo-a" no sentido biblico.

Por um lado, a liberdade religiosa requere que esta gente continue solta, mesmo quando os cultos proliferam. Por outro lado, são livres pessoas que desistem de pensar livremente para seguir o seu guru? Não serve ministros das religiões estabelecidas proclamar que os cultos são obra de Satanás, que só na igreja católica, mormon, baptista, etc, pode ser encontrada a verdadeira espiritualidade. Elas praticam o mesmo controle de pensamento que os lideres dos cultos usam.

Rama leva a liberdade religiosa a novas alturas no seu ultimo livro, Surfing the Himalaya's: A Spiritual Adventure. Aí tem pérolas de sabedoria como

Pensar é um método muito ineficiente de processar dados...

E,

O modo relacional de fazer coisas é movermos a nossa mente para a quarta condição, uma condição de conhecimento elevado. Num estado de consciência elevada, você eleva a sua mente consciente acima do fluxo de dados estranhos--fora do tempo e espaço dimensionais-- e funde a sua mente com a pura consciência inteligente do universo.

Bravo. O anuncio de Rama ao seu livro no PC World [1/96] afirma que é não apenas consultor de grandes firmas de software firms mas tambem cinturão negro em artes marciais, bem como musico e produtor discográfico. Parece haver pouco que o homem não faça. Talvez seja consultor da Novell, pois Bob Frankenberg, CEO da Novell, afirma que este livro "entretem e ilumina" e afirma ser "um belo contraste entre a espiritualidade oriental e o pragmatismo ocidental."

Do mesmo modo, Rama levou Phil Jackson, treinador dos Chicago Bulls a fornecer esta tirada para o livro: "Traz leveza e humor a um assunto muitas vezes relegado para discussões aborrecidas." Sem duvida. Rama, aka Frederick Lenz, deve sorrir-se no caminho do banco.


Links

Rama Lama Ding Dong

The Rama Page

Joshua Pritikin's Home Page Uma homenagem ao seu mestre


1 "Do You Believe in Magic? - New Light on the New Age," by Nancy Clark and Nick Gallo, Family Circle, February 23, 1993, p. 102.

recuarhome