Zecharia Sitchin e The Earth Chronicles

". . .apenas mais um louco que ganha a vida vendendo livros que contam as histórias em que as pessoas querem acreditar."   Rob Hafernik

Sitchin, juntamente com Erich von Däniken e Immanuel Velikovsky, constitui a santa trindade dos fazedores de mitos pseudocientificos sobre a história antiga. Todos começam por afirmar que os mitos antigos não são mitos mas sim textos históricos e cientificos. A fame de Sitchin deve-se a anunciar que é o unico que lê correctamente as tábuas sumérias. Todos os outros estudiosos leram mal as tábuas, que, de acordo com Sitchin, revelam que os deuses de outro planeta (Niburu, que orbita o nosso sol cada 3.600 anos) chegaram à Terra há 450.000 anos e criaram os humanos através de engenharia genética em macacas. Mais nenhum cientista descobriu que estes descendentes dos deuses se auto-destruiram com armas nucleares há 4.000 anos. Sitchin ergue-se sózinho, como um caso unico. Só ele consegue olhar para uma tábua suméria e ver que representa um homem a ser sujeito a radiações. Só ele sabe traduzir correctamente termos antigos, permitindo-lhe descobrir que os antigos construiam foguetões.

Sitchin, como Velikovsky, apresenta-se como erudito. Ambos conhecem profundamente os mitos antigos e são ambos quase iletrados cientificos. Como von Däniken e Velikovsky, Sitchin constrói uma história agradável baseada em factos, ficções, especulações, deturpações e citações erradas. Cada um começa por aceitar a crença em antigos visitantes e parte dessa hipótese para encaixar factos e ficções na sua hipótese básica. Todos são mestres em ignorar factos inconvenientes, em criar mistérios onde eles não existiam e apresentar hipóteses extraterrestres para solucionar esses mistérios. Os seus livros são má ficção cientifica em vez de serem boa ciência. São atraentes paraos que adoram um bom mistério ou que ficam indiferentes à natureza e limitações da pesquisa cientifica.

As ideias de Sitchin foram apropriadas por Raël, outro sábio, que iniciou a sua própria religião (Raëilian Religion) em volta da ideia de que os humanos são o resultado de experiências de DNA de antigos visitantes do espaço. Raël escreveu um livro canalizado, ditado por extraterrestres. Chama-se A Mensagem Final. Apenas podemos esperar que o seja mesmo.


Links

Sitchin's Twelfth Planet por Rob Hafernik
Counter-Culture page on Zecharia Sitchin
Ancient Astronauts page dos Drs. Larry J. Zimmerman e Richard A. Fox, Jr. da  Universidade do Dakota do Sul
Entrevista com Zecharia Sitchin

recuarhome